capa 2.png

Existem boas pessoas. Boas de verdade.

Pessoas que não se contaminam e sabem soster nossa mão como sostêm o  seu mundo

.

 

Pessoas que mas além da sua generosidade não destilam falsidade, não destilam veneno. Elas têm um sentido de percepção (dom) que  nos acomodam, sonríen de um modo diferente. De forma que eles nos entendam e saibam que podemos contar com eles nos momentos bons e nos momentos difíceis. Existem pessoas que transcendem no espaço, na vida, transcendem para o bem. Eles vivem em outra esfera, vivem de uma forma mais profunda e com menos ressentimento. Eles sabem como distribuir afeto e gentileza. Não são pessoas áridas e sabem lidar muito bem com os problemas da vida. Ao contrário, essas pessoas não nos exaurem: elas somam, se multiplicam, tornam-se raízes que permanecem para sempre. Eles se tornam pessoas especiais e frondosas, onde descansamos sob essa enorme quantidade de amor e paz. Eles dão frutos, eles dão flores, eles dão cor aos dias cinzentos. Eles nos ensinam, nos corrigem e não nos limitam. Eles suavizam nosso caminho para tempos tão castigados e sofridos. Eles nos ensinam nossa capacidade de evoluir, de nos tornarmos pessoas melhores e de transformar tudo ao nosso redor.

 

     Existem pessoas que não têm idade na alma. Que seu semblante nos mostra que eles vieram sem a necessidade de um espelho. Tudo neles transmite o que nosso coração precisa sentir.

 

     Talvez sejam anjos, talvez sejam espíritos muito mais evoluídos. Talvez sejam missionários aqui para nos ensinar a ter paz e humildade. Eles estão aqui para servir de pontes para que possamos encontrar um lugar melhor para descansar de nossa exaustão.